quarta-feira, 25 de junho de 2008

E já que o assunto é multiuso...



As fotos acima são do estádio Siete Palmas, em Gran Canaria, que em 28 de junho receberá o evento anual Master Stadium Race, que em 2007 foi realizado no novo Wembley. O estádio vai virar autódromo por 1 dia, com uma pista de 1.100 metros de extensão em torno do campo. Essa é uma das utilizações possíveis para o espaço, sem que o campo de jogo seja afetado. Os organizadores esperam receber 30.000 pessoas, que pagarão valores entre 28 e 50 euros. Acreditem, existe vida além dos shows musicais....

3 Comentários:

Às 1 de julho de 2008 17:52 , Anonymous Anônimo disse...

Olá, tudo bem Ricardo. Achei o seu blog através de um comentário que você postou lá no blog do Rizek. Por favor, você conhece algo do projeto da Arena Palestra? Estavam dizendo que utilizariam grama artificial e teto retrátil, o que aparentmente foi abolido. É possível utilizar um estádio com grama natural para a realização de concertos? A experiência do início do ano foi péssima, também porque o gramado tinha acabado de ser trocado, mas até agora não se recuperou. Abraço. Sandro R. Ramos.

 
Às 2 de julho de 2008 00:41 , Blogger Arenas & Estádios disse...

Sandro, eu até já postei alguns comentários sobre a arena do Palmeiras. Eu conheço o projeto, pois na época que eu desenvolvia alguns projetos com a Amsterdam Arena Advisory, fui eu que os levei ao Palmeiras. Até onde conheço, o projeto previa a instalação de teto retrátil, mas a manutenção do gramado natural. Não soube de nenhuma mudança. Grandes shows musicais num campo de grama natural são possíveis, desde que em número limitado (a média fica entre 4 e 6 por ano). Mais do que isso, vc já viu como o gramado fica...Dá uma lida nos meus posts anteriores, pois tive oportunidade de falar bastante sobre o gramado do Palestra. Espero que vc frequente o blog e opine sempre. Abraço.

 
Às 2 de julho de 2008 10:51 , Anonymous Anônimo disse...

Ok, obrigado. Eu tenho acompanhado muito o assunto pelos blogs e sites palmeirenses. Pelo que entendi o teto retrátil não será instalado neste primeiro momento, muito embora a estrutura será construída para que no futuro possa receber essa cobertura. Acho que há seis anos da copa no Brasil, o único projeto realmente adiantado é esse do Palmeiras, ou estou enganado? O pessoal está muito tranquilo, bem típico do brasileiro, a hora que a ficha cair será um Deus nos acuda. Abraço. Sandro.

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial