quarta-feira, 10 de março de 2010

Quem planeja mal, paga mais...

Ontem foi divulgado que o Náutico acertou sua participação na Arena Capibaribe, que será construída para sediar os jogos de 2014 em Recife. Se comprometeu a mandar 20 jogos anuais no futuro estádio, em troca de um "abono" de R$ 10 milhões (que serão pagos pelo vencedor da licitação). Os dirigentes do clube informam que outros detalhes ainda não estão fechados, como participação nas rendas e custos de utilização.

Diz-se que o governo local busca acordo semelhante com Sport e Santa Cruz, que ainda se mostram reticentes. Pode ser que o valor do tal "abono" não tenha agradado.

Pois é meus leitores. Erros de planejamento costumam doer no bolso. Decidir construir uma arena, e depois correr atrás de quem a sustente, é um erro crasso. O governo local agora se vê refem dos próprios erros. O exemplo de Recife serve para projetos de outras sedes, cuja decisão de construção já foi tomada, mas sem que os utilizadores (e viabilizadores) tenham sido definidos. E sem isso, como elaborar um estudo de viabilidade econômica ?

Recordo o final do meu post anterior, e lembro que para a Fifa, não importa se o "pato é macho". Ela quer o ôvo. E só.

1 Comentários:

Às 10 de março de 2010 19:21 , Blogger Romulo Macedo disse...

O fantasma dos Elefantes Brancos, ronda o território Brasileiro. Os seus dois últimos post são muito bons.

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial