quinta-feira, 9 de outubro de 2008

O colapso em gotas

A Islandia quebrou. Os bancos abusaram da alavancagem, o financiamento internacional ficou escasso, e agora o governo está estatizando Bancos e tentando apagar o incendio. Bem, mas e daí ?
Daí que essa onda está fazendo o império do magnata local, Bjorgólfur Gudmundsson, fazer água. A situação do Landsbanki, é preocupante. O fato, é que entre os ativos do sujeito está o West Ham tradicional clube inglês, mais um daqueles clubes adquiridos por ricaços nos últimos tempos, aliás como tantos outros da ilha. Uma fonte informa que não há preocupação pois o portfólio de investimentos do magnata é bastante diversificado, e sua fortuna supera 1 bilhão de libras. Pode ser, mas a torcida está de cabelo em pé.


O comite organizador das Olimpíadas de Londres informou que faltam 250 milhões de libras para completar o orçamento da Vila Olímpica. A fonte de recursos secou após o início da crise.


A crise definitivamente está tirando o sono dos investidores, gestores, patrocinadores e torcedores na Inglaterra. Impossível não se assustar com os dados divulgados essa semana, ainda mais em um momento tão crítico da economia mundial. A dívida total do futebol inglês, incluídos todos os clubes e a dívida da federação inglesa com a construção do novo Wembley, alcança inacreditáveis 3 bilhões de libras. Apenas os 4 grandes clubes, Liverpool, Manchester United, Arsenal e Chelsea, representam praticamente 1/3, ou 950 milhões de libras. Eles se safam por conta de uma geração de receitas bastante grande, mas será que com a crise essa dívida conseguirá ser rolada ? Será que as receitas continuarão tão altas, ou sofrerão reduções ? Lembremos que na Inglaterra os clubes dependem muito dos recursos da transmissão de TV. Que depende do aquecimento do mercado publicitário. Que por sua vez depende da economia aquecida, o que parece não ser o cenário para médio prazo. E outro dado alarmante, é que as receitas dos clubes cresceram 3% em relação a temporada passada, mas as folhas de pagamentos aumentaram em média 12%. Não precisa ser contador para perceber que essa conta não vai fechar. Em algum momento essa loucura de investir milhões em salários e contratações vai ter que ser repensada.

1 Comentários:

Às 13 de outubro de 2008 01:25 , Anonymous Anônimo disse...

Cara, vc se diz entendido de arenas, mas tá por fora do projeto do Palmeiras e WTorre. Tá na hora de se ligar, hein?!

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial